segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Carnaval...


Ainda bem que a vida não é um eterno Carnaval!

Sim... É momento de alegria para muitos. Tempo de descontração, de folia garantida, de abraçar os amigos, inimigos e nem conhecidos. Tudo é festa, e como diz a musica: “Tudo é tão bom.”
Mas, correndo os olhos pelos palcos da vida dos outros nestes dias passageiros (nem pedi licença), percebi que muitos colocam suas máscaras, e outros, aproveitam estes dias para deixarem com que elas caiam ( Sim, as máscaras!).Ou será que agem assim nos 365 dias do ano? Não, eu sei que não. Não quero punir ninguém, ninguém é igual a mim e muito menos têm as mesmas opiniões que eu.

Também gosto de Carnaval, mas um carnaval bem diferente destes que venho acompanhando nestes últimos anos.

Quero que todos tenham consciência de seus limites, da presença que têm na vida do outros. Quero que percebam que a vida é muito mais que beijo na boca, cigarro, bebidas, drogas em geral. Quero que dancem, pulem com alegria e disposição para encarar o outro dia, o novo dia. Eu sou assim, nunca precisei de álcool para dançar a noite inteira e pular com a galera. Nunca precisei me drogar pra viajar com os amigos numa musica ou numa curtição, nunca precisei fumar para ser igual a ninguém da turma. E Na verdade, eu não quero ser igual a ninguém que tenho visto nestes dias.

( Suelem )

11 comentários:

Marina disse...

Disse tudo amiga! Não gosto desse carnaval do mundo... gosto do MEU carnaval, onde vou com meus amigos para um sitio e passamos os 4 dias juntos.. com bebida, mas moderada...

Sem essa pegação do carnaval, apesar de rolar uns flertes...

Tudo moderado, respeitando os limites da gente...

Eu não tava no pique do carnaval, e meus amigos souberam entender isso, respeitando minha dor... não quis forçar uma alegria falsa sabe?

Foi mto bom... estar entre amigos...

Ao toque do amor disse...

Oi, moça...que saudades!
vim te visitar, atualizar minhas leituras e deixar o meu carinho.
Ah... também te ofereço o selo - Eu amo visitar o seu blog.
beijos
San

Lu disse...

Su, você falou tudo que eu penso e não tive a oportunidade de colocar no blog. Assino embaixo,amiga! Meu coração chega a ficar triste com algumas ditas formas de "curtição". Deus te abençoe, amiga! Ótima semana!

soli disse...

É irmã!
Concordo com vc!
Foi exatamente como imaginei, na sexta, único dia q passei aqui...me senti totalmente perdida..!
As dúvidas que tinha, foram embora no momento que comecei a ver a realidade...
Já experimentei mtos carnavais..
e confesso...nunca me imaginei passar longe "dele"...
já deixei minhas máscaras caírem mtas vezes!
Mas sim, não só quis viver um carnaval diferente...como pretendo vivê-lo nos próximos anos...
Nunca estive tão em Paz numa quarta-feira de cinzas!Vivendo o seu verdadeiro sentido!
Deus é a única alegria q não dura cinco dias!
E te admiro por viver sem precisar de máscaras!
beijoooO!
ótima semana!
Amooo!

Em Construção... disse...

so queria dizerrr q te AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO...

Ao toque do amor disse...

OI, Suelem...bom dia!!!
Vim te visitar e deixar o meu toque cheio de carinho nesta pagina tão linda, sensivel que me encanta cada vez que passo por aqui.
Aproveito pra te dar os parabens, meio que atrasadinha, pelo dia da Mulher.
Ahh... te ofereco meu award.
Tenha um lindo e abençoado dia.
beijinhos no seu lindo coração.

Mary disse...

Sabe, Su... vejo q a culpa nem é do carnaval... é das pessoas q fazem o carnaval. Eu não vou pra muvuca pq acho q lá ñ me cabe, ñ me sinto bem, sempre rola briga, muita cachaça, músicas pornográficas, enfim... assim como a marina, prefiro um carnaval mais light, com uma galera massa, td moderado!

Bj

Ao toque do amor disse...

Oi, moça...boa tarde!
Estou passando bem devagarinho pra te deixar um beijinho e desejar que sua semana seja muito alegre, cheia de abraços.
sandra

Caroline disse...

oiee...amo muito!!!

bjo

passando apenas pra ler seus lindos textos!!

Mary disse...

meu humor????? péssimo... acredite... desanimada toda... mas vc entendeu o post né???

Igor Mascarenhas disse...

Dei uma reformulado lá no meu blog e acabei perdendo o teu link, mas te achei novamente...

É como o rosa canta:"Não quero minha vida igual a tudo que se vê".
Concordo contigo e acho necessário que nós não acomodamos com essa triste visão, e fazemos daquilo que nos incomode, algo de bom que incomode o outro lado.

tamu junto