sábado, 13 de setembro de 2008

Elogio, um remedio que cura...

"Não precisamos esperar nobres gestos para elogiar alguém

Muitas vezes, salta aos nossos olhos apenas os defeitos de quem está ao nosso lado, mas, raramente, tecemos algum comentário sobre suas qualidades.


As críticas - especialmente quando falta o bom senso nas palavras - tendem a criar uma barreira. E a pessoa, por medo de ser novamente repreendida em seus atos, sente-se inferiorizada e, conseqüentemente, mais insegura, até mesmo diante daquele que poderia ser o seu apoio.


Em nossos relacionamentos, muitas promessas de mudanças de comportamento, certamente, já tenham sido feitas, mas, infelizmente, poucas vezes cumpridas. Fazer uma série de cobranças a respeito daquilo que o outro não conseguiu, por via de regra, acaba se transformando em discussões que, raramente, poderão trazer algum resultado, exceto dores de cabeça e estresse.


Ofuscada pelas decepções, a pessoa criticada se sente a menor das criaturas e incapaz perante o outro. Definir novas estratégias para restabelecer a vontade em continuar com aquilo que lhe era um desafio, torna-se pesado demais...


Conseqüentemente, a decepção e toda uma carga de maus sentimentos parecem lançar por terra aqueles esforços investidos no compromisso. Assim como as más palavras destroem um caráter e corrompem as sementes das virtudes; as palavras cheias de benevolência aumentam nossa auto-estima, robustece nossa autoconfiança e, de maneira especial, fortalecem nossos vínculos muito mais do que bens ou presentes poderiam fazer.


Algumas situações podem ter outro desfecho, quando elogiamos, sinceramente, as pessoas naquilo que para ela têm sido motivo de esforços. "
Escrito por Dado Moura, texto completo em: http://dadomoura.com/

8 comentários:

Mary disse...

uhuuu! perfeito!

eu era uma pessoa muuuito crítica. ñ sabia elogiar ninguem. sempre procurava os defeitos alheios, mas acho q agia assim pq durante minha infância e adolescência NUNCA fui elogiada. passei a achar então que ser elogiada ñ era uma coisa boa, e além de ñ elogiar ninguém, corria de circunstâncias que me pudessem colocar a par de algum elogio.

qdo entrei na faculdade, conheci uma pessoa, Pollianna. Ela era muito gentil e todos os dias me enchia de elogios. Foi a partir daí q nasceu uma enorme amizade e que eu aprendi a elogiar. e como me faz bem elogiar, reconhecer algo no outro. hj, se tenho uma auto-estima melhor, agradeço à Poli por isso...

perfeito seu texto, su... parabéns!

beijoooo!!!!

tem post novo lá!

LindaRê disse...

perfeito!
sem mais comentários...

Polêmica disse...

Adorei o teu post. Se a gente usar as palavras para agredir e para fazer o mal, com certeza o resultado será melhor do que imaginamos pois, uma ofensa deixa as pessoas mais sensíveis e quando elas recebem um elogio, elas não acreditam, pensam que estamos elogiando só para agradá-la e não porque ela é merecedora daquele elogio. Por isso uma palavra amiga, um elogio deve ser dito constantemente pois, se uma onfensa entra no nosso coração, um elogio também coseguirá entrar!

(sobre o comentário que você me deixou, eu trabalhava em um call center, em empresas de telemarketing sempre tem essas multidões de funcionários rs..Como a gente recebia muito treinamento e palestras eu acabei aprendendo muita coisa sobre RH mas, eu não trabalho com RH ainda não, eu pretendo. Minha irmã faz faculdade de RH e eu sempre converso com sobre o assunto, eu leio os e apostilas livros dela, por isso eu tenho um certo conhecimento nessa área)..


Beijinhos!

Lu disse...

Su, seu post me fez lembrar da frase do Pe. Fábio que está no meu blog: "Deus não se prende ao que a gente não conseguiu. Ele prefere olhar o que a gente soube realizar". Enquanto isso, na maioria das vezes nós nos detemos nas fragilidades e defeitos das pessoas e não nas suas qualidades. Bjus!

Em Construção... disse...

vc me cura..saudades
bjus

Dado Moura disse...

Ola Sue, fico contente em saber que o meu artigo tenha lhe chamado a atencao, ao ponto de tambem incluir no seu blog, entretanto, conforme rege os direito de uso declarado em meu site www.dadomoura.com agradeceria se voce mantivesse os creditos.
Obrigado mais uma vez pela gentileza

Dado Moura

Anônimo disse...

Kumady, vivendo e aprendendo, como que em muitos momentos de minha vida fui a angústia de outros, outros tão queridos que eu só queria ajudar, mas acabei atrapalhando com críticas, estou tentando consertar, vendo e mostrando as suas qualidades, pois defeitos todos temos, mas temos mais qualidades.
Beijoquinhas.
Khênia

Thiara Ney disse...

Uau! Super profundo!

É , e realmente humildade é o primeiro passo para aprender a elogiar alguém.

Bjus!